Friday, July 13, 2007

O MAR...

«O Mar», Pedro Ayres de Magalhães «Não é nenhum poema
o que vos vou dizer
Nem sei se vale a pena
Tentar-vos descrever O Mar
O Mar
E eu aqui fui ficando só para O poder ver E fui envelhecendo sem nunca O perceber O Mar... O Mar...»
«A Vontade de Mudar»
«Pobre de quem não tem
de quem não tem ninguém e sonha que nunca é tarde
quando encontrar alguém
Leva a vida inteira
perde a noite a chorar
E guarda, sem saber onde,
a vontade de mudar»
Pedro Ayres de Magalhães
(em parceria com Rodrigo Leão e Francisco Ribeiro )

6 comments:

pereira de oliveira said...

Geenio e Talento
Saao muito raros, entaao deste calibre muito raros mesmo.
Mas nao ha maior espectaculo que o dos Humanos que os teem.
Bem-haja Sailor Girl, por no-lo ter mostrado

LisbonGirl said...

:)

Sarah Franco said...

novas fotos do mar no meu flickr...

LisbonGirl said...

Gosto muito em particular da foto do meio! É a imagem da decisão de se ser livre e feliz! É claro que o mar e o voo das gaivotas tinham que estar perto! :)

Acho que vou levar emprestada... com link para aqui, claro! Posso?

Abraço apertado, Sailor Girl!

Sailor Girl said...

Claro que podes, Lisbon Girl... Mas o crédito das fotografias não é meu. Tirei-as do site «Olhares». Tem lá fotografias de cortar a respiração!... Beijinho!

LisbonGirl said...

Muito obrigada, Sailor Girl!
Muitos beijinhos!