Thursday, September 20, 2007

(Uma das equipas vencedoras da Real Regata das Canoas de 2006)
«Venham embarcar connosco no dia cinco, à beira do rio.
Sossegadamente fitemos o seu curso e aprendamos
Que a vida passa, e não estamos embarcados.
(Embarquemos então).
Depois pensemos, crianças adultas, que a vida
Passa e não fica, nada deixa e nunca regressa,
Vai para um mar muito longe, para o pé do Fado,
Mais longe que os deuses.
Desembarcaremos mais tarde,
porque não vale a pena cansarmo-nos.
Quer gozemos, quer não gozemos, passamos como o rio».
Adaptação do poema «Vem sentar-te comigo, Lídia, à beira do rio», de Fernando Pessoa (em comentário a este post).

5 comments:

Sailor Girl said...

«Vem sentar-te comigo, Lídia, à beira do rio.
Sossegadamente fitemos o seu curso e aprendamos
Que a vida passa, e não estamos de mãos enlaçadas.
(Enlacemos as mãos).

Depois pensemos, crianças adultas, que a vida
Passa e não fica, nada deixa e nunca regressa,
Vai para um mar muito longe, para o pé do Fado,
Mais longe que os deuses.

Desenlacemos as mãos, porque não vale a pena cansarmo-nos.
Quer gozemos, quer não gozemos, passamos como o rio.
Mais vale saber passar silenciosamente.
E sem desassossegos grandes.»

NEM MAIS!!!

pereira de oliveira said...

SUBLIME!!!!

pereira de oliveira said...

SUBLIME O HINO QUE A SAILOR GIRL INVWENTOU PARA A REAL REGATA DAS CANOAS!!!SUBLIME

Sailor Girl said...

Eu ia responder «QU'EXAGERO!», mas compreendo...

o_cao_que_morde said...

Desculpas mas tenho que divulgar
Á uma iniciativa da Animal, que visa alterar a legislação no que diz respeito à protecção dos animais.
Eu tenho um link no cabeçalho do Blog
Vai ver e assina se concordares e já agora divulga por favor
Obrigado