Tuesday, October 9, 2007

A Fausto Correia, Raúl Durão e João Coito

Deixaram-nos hoje três grandes referências para o País, todos jornalistas, um deles eurodeputado em Bruxelas desde 2004, ano em que nos deixou também o nosso saudoso Professor Sousa Franco. Triste vida a nossa, em que nos matamos todos a trabalhar para depois partir assim! Inesperadamente!... Como bem observa Pereira de Oliveira: «You, walker, there are no roads... Only wind trails the sea... like this land, I too have lost parts of myself».

23 comments:

joao veiga said...
This comment has been removed by the author.
Sailor Girl said...

Fausto Correia: Desaparecimento do eurodeputado constitui «perda irreparável» - Edite Estrela
2007-10-09, 14h06

Bruxelas, 09 Out (Lusa) - A líder da delegação do PS ao Parlamento Europeu, Edite Estrela, afirmou à Lusa que a morte de Fausto Correia constitui "uma perda irreparável", destacando as "excepcionais qualidades políticas e humanas" do eurodeputado socialista, falecido hoje em Bruxelas.

"Além das grandes qualidades políticas, era uma pessoa com grandes qualidades humanas, muito solidária, amigo do seu amigo, sempre disponível e empenhado", comentou Edite Estrela, ainda em "estado de choque" com a notícia da morte de Fausto Correia, de 55 anos.

"Estamos todos em estado de choque. Nada levava a crer que isto acontecesse. Custa a acreditar que seja verdade", declarou.

Fausto Correia morreu hoje em Bruxelas, vítima de ataque cardíaco, disse à Lusa amigo da família, embora fonte partidária na capital belga tenha referido que a morte se deve a causas ainda desconhecidas.

A mesma fonte indicou que Fausto Correia terá falecido durante a noite no seu apartamento em Bruxelas, tendo o seu corpo sido encontrado hoje de manhã, pelo que será realizada uma autópsia para determinar a causa da morte.

Em Lisboa, o Gabinete do Parlamento Europeu lamentou a morte do eurodeputado, eleito em 2004 nas listas do PS.

Natural de Coimbra, Fausto Correia, foi deputado socialista, e nos governos de António Guterres foi sucessivamente secretário de Estado da Administração Pública, dos Assuntos Parlamentares, Adjunto do Ministro de Estado e Adjunto do Primeiro-Ministro.

Antigo presidente da Associação Académica de Coimbra-Organismo Autónomo de Futebol, Fausto Correia, licenciado em Direito, repartiu a vida entre a carreira de jornalista e de político.

Como jornalista integrou os quadros do República, foi um dos fundadores do diário A Luta e delegado da ANOP em Coimbra.

Mais tarde foi membro de vários Conselhos de Administração da RDP-Radiodifusão Portuguesa e entre Abril de 1992 e Outubro de 1995 foi vice-presidente da Direcção-Geral da Agência Lusa de Informação.

Além de eurodeputado, Fausto Correia era actualmente deputado à Assembleia Municipal de Miranda do Corvo e presidente da Mesa da Comissão Política da Federação de Coimbra do PS, estrutura de que foi o líder entre 1978 e 1980 e entre Março de 2002 e Abril de 2003.

No Parlamento Europeu, era membro da Comissão Parlamentar das Liberdades Cívicas, Justiça e Assuntos Internos e membro suplente da Comissão Parlamentar dos Transportes e Turismo do Parlamento Europeu.

Integrava ainda a delegação para as Relações com os Países da Comunidade Andina e era membro suplente das delegações para as Relações com o Mercosul e à Assembleia Parlamentar Euro-Latino-Americana.


Fonte: Agência LUSA

Sailor Girl said...

Fausto Correia: PS consternado com perda de "homem muito amigo e fraterno"

Lusa, 2007-10-09, 14h03

Lisboa, 09 Out (Lusa) - O porta-voz do PS, Vitalino Canas, afirmou hoje que o partido está consternado a morte do eurodeputado socialista Fausto Correia, que definiu como "um homem combativo, mas sobretudo muito amigo e fraterno".

"Recebemos esta notícia com grande tristeza, deixou-nos consternados. Morreu um socialista de grande prestígio, um socialista de grande gabarito" declarou o porta-voz do PS à agência Lusa.

Vitalino Canas lembrou a longa militância de Fausto Correia no PS, os cargos que exerceu e considerou-o "um homem combativo, mas sobretudo muito amigo e fraterno".

"É um grande choque", acrescentou.

"Pessoalmente, convivi com ele muitos anos no Governo, onde mostrou ser muito competente do ponto de vista técnico e do ponto de vista político", referiu ainda o porta-voz do PS.

Fausto Correia morreu hoje em Bruxelas, aos 55 anos, vítima de ataque cardíaco, disse à agência Lusa um amigo da família. O Gabinete do Parlamento Europeu em Lisboa confirmou a morte do eurodeputado socialista.

CAP CRÉUS said...

É mesmo! Sempre com pressa em acabar não sei o quê e a discutir porcarias para nada!
Só nos damos conta numa altura destas!

Sailor Girl said...

Morreu o antigo director de O Dia João Coito

2007-10-09, 13h24

Lisboa, 09 Out (Lusa) - O jornalista João Coito, antigo director de O Dia e actualmente colunista do semanário O Diabo, morreu hoje de madrugada no hospital de Santa Maria, em Lisboa, vítima de cancro, disse à Lusa fonte do jornal.

João Coito, de 80 anos, estava internado naquele hospital há já algumas semanas devido a complicações da doença.

Nascido em 1927 na Guarda, o jornalista começou a sua carreira em 1946 no jornal Novidades, tendo 5 anos mais tarde entrado no Diário de Notícias, onde chegou a ser chefe de redacção.

Entrou no jornal O Dia também como chefe de redacção, tendo-se depois tornado director, função que ainda ocupava quando se reformou.

Actualmente escrevia uma coluna no O Diabo, tendo a última sido publicada a 24 de Julho.

Fonte: Agência LUSA

Sailor Girl said...

Televisão - Morreu apresentador Raul Durão

2007-10-09, 08h51

Lisboa, 09 Out (Lusa) - O apresentador de televisão Raul Durão, 65 anos, morreu hoje de madrugada em Lisboa vítima de cancro, disse à agência Lusa fonte da RTP.

Nascido a 09 de Setembro de 1942 em Lisboa, Raul Durão entrou para a RTP em 1971 através de concurso para aquisição de locutores e apresentadores juntamente com Ana Zanatti, Maria Elisa, Fernanda Andrade, Eládio Clímaco e Fernando Balsinha.

Trabalhou inicialmente como locutor de rádio na extinta Emissora Nacional e na RTP apresentou noticiários, magazines e espectáculos de variedades.

"Bom Dia Portugal", "Magazine informativo", "Ponto por Ponto" ou "Estrada Viva" são alguns dos programas que Raul Durão apresentou.

Foi Raul Durão que a 04 de Dezembro de 1980 informou o País sobre a queda do avião Cessna que conduzia Francisco Sá Carneiro e Adelino Amaro da Costa ao Porto.

O comunicador reformou-se do serviço público de televisão há cinco anos, mas acabaria por ser chamado para colaborar pontualmente com a RTP e com a RTP África.

Fonte: Agência LUSA

Sailor Girl said...

Podes crer, Cap Créus!!!

Sailor Girl said...

Fausto Correira/óbito: Dedicou toda a sua vida à defesa dos valores republicanos - Jorge Coelho

2007-10-09, 14h48

Lisboa, 09 Out (Lusa) - O ex-ministro Jorge Coelho considerou hoje que a morte do eurodeputado socialista Fausto Correia representou "uma perda para o país e para o PS", vincando que foi um homem que se bateu sempre pelas causas cívicas republicanas.

"Fausto Correia era um homem de corpo inteiro, sempre solidário e que dedicou toda a sua vida a causas cívicas e aos valores republicanos. Faz muita falta ao país, ao PS e a mim pessoalmente, porque perdi hoje um dos meus melhores amigos", declarou Jorge Coelho à agência Lusa.

Nas declarações à agência Lusa, Jorge Coelho lembrou que Fausto Correia foi seu secretário de Estado entre 1995 e 2001, durante os dois governos liderados por António Guterres.

"Fausto Correia foi um governante ilustre, tendo sido enquanto secretário de Estado da Administração Pública o grande artífice da criação das lojas do cidadão", apontou Jorge Coelho.

Antigo presidente da Associação Académica de Coimbra - Organismo Autónomo de Futebol, licenciado pela Faculdade de Direito da Universidade de Coimbra, Fausto Correia repartiu a vida entre as carreiras de jornalista e de político.

Sailor Girl said...

Alegre lamenta morte precoce de quem tinha ainda muito a dar a Coimbra

2007-10-09, 15h10

Lisboa, 09 Out (Lusa) - O deputado do PS Manuel Alegre lamentou hoje a morte, aos 55 anos, do eurodeputado socialista Fausto Correia, que disse ser "uma referência de Coimbra" e que "tinha ainda muito a dar à sua cidade".

Manuel Alegre declarou à agência Lusa sentir "uma grande mágoa" pela morte de Fausto Correia, "um amigo e companheiro de muitos combates e jornadas na implantação do PS no distrito de Coimbra".

"É um desperdício, porque ele era muito novo. Era um homem de Coimbra, era uma referência de Coimbra e do PS que tinha ainda muito a dar à sua cidade", lamentou.

O deputado do PS acrescentou que Fausto Correia "não chegou a realizar um dos seus sonhos, ser presidente da Câmara Municipal de Coimbra, que podia ter sido".

"É uma perda importante para Coimbra, para o PS e para mim como amigo. Ultimamente não estivemos do mesmo lado no PS, mas isso não pôs em causa a afectividade e a amizade", salientou.

"Foi um homem sempre fiel às suas amizades, aos ideais republicanos, democráticos e socialistas", enalteceu.

Quando Manuel Alegre foi candidato independente à Presidência da República, Fausto Correia apoiou o também socialista Mário Soares, que concorreu apoiado pela direcção do PS.

Lembrando os tempos da "implantação do PS no distrito de Coimbra", Alegre sublinhou que Fausto Correia "era mais novo, mas esteve sempre ligado a essa fase inicial", integrando "um núcleo que ficará para a história da fundação da democracia".

"Fez parte da tertúlia dos amigos mais próximos do dr. Fernando Valle e do Miguel Torga", recordou, contando que foi a Fausto Correia, enquanto jornalista da Capital, que deu a sua primeira entrevista quando voltou a Portugal depois do 25 de Abril.


Fonte: Agência LUSA

Sailor Girl said...

"O PSD também está de luto" - Luís Filipe Menezes
2007-10-09, 15h05

Coimbra, 09 Out (Lusa) - O líder eleito do PSD, Luís Filipe Menezes, lamentou hoje a morte do eurodeputado Fausto Correia, considerando que "o PSD também está de luto" devido ao desaparecimento de "uma grande referência" da democracia portuguesa.

"Hoje, o PSD também está de luto, porque Fausto Correia era uma grande referência da democracia portuguesa", disse Luís Filipe Menezes em declarações aos jornalistas, em Coimbra, à entrada para um almoço com os nove presidentes de Câmara social-democratas, membros da direcção da Associação Nacional de Municípios Portugueses.

Ao expressar a sua tristeza com a morte do antigo deputado socialista e ex-líder da Federação Distrital do PS de Coimbra, o presidente do PSD afirmou que, "para além de ser um amigo, o Dr. Fausto Correia era uma referência da actividade política em todo o país e nesta região em particular".

À entrada para o almoço, foram vários os autarcas a manifestar o seu pesar com a morte de Fausto Correia, que era natural de Coimbra.

O presidente da Associação Nacional de Municípios Portugueses, Fernando Ruas, destacou o seu "espírito pragmático e dialogante" e a sua afabilidade.

O líder da distrital do PSD de Coimbra, Jaime Soares, considerou que a sua morte "é uma perda muito grande para a cidade, para o distrito e para o país".

"Fausto Correia era um homem de Portugal e do mundo, é uma perda irreparável", afirmou Jaime Soares, presidente da Câmara de Vila Nova de Poiares.

Para o presidente da Câmara de Gouveia, Álvaro Amaro, a morte de Fausto Correia representa "uma perda irreparável para o mundo político, para Coimbra e para a região".

Fonte: Agência LUSA

Sailor Girl said...

Alberto Martins chocado com morte de "uma pessoa luminosa e solidária"
2007-10-09, 16h08

Lisboa, 09 Out (Lusa) - O líder parlamentar do PS, Alberto Martins, declarou-se hoje chocado com a morte do eurodeputado socialista Fausto Correia, seu amigo, que recordou como "uma pessoa luminosa e solidária".

"É muito chocante a morte do Fausto Correia, um homem de enorme coração, amigo, generoso. Era uma pessoa luminosa e solidária", afirmou o líder parlamentar do PS à agência Lusa.

Alberto Martins contou que conheceu Fausto Correia em Coimbra, quando este era estudante finalista do liceu D. João III.

Referiu que Fausto Correia era "socialista desde sempre" e lembrou que, antes de ser eurodeputado, foi membro do Governo e deputado à Assembleia da República.

"Deixa-nos uma saudade imensa e fraterna", acrescentou o líder parlamentar do PS.

Fonte: Agência LUSA

Sailor Girl said...

Um político que só sabia fazer amigos - Almeida Santos
2007-10-09, 16h06

Lisboa, 09 Out (Lusa) - O presidente do PS, Almeida Santos, afirmou-se hoje "chocadíssimo" com a morte do eurodeputado socialista Fausto Correia, dizendo que foi um político "generoso", que "amou" Coimbra e que "só sabia fazer amigos".

"Estou chocadíssimo, porque perdi um dos meus melhores amigos. Fausto Correia só sabia fazer amigos", declarou Almeida Santos à agência Lusa.

Segundo o presidente do PS, o ex-secretário de Estado dos governos de António Guterres "foi um político generoso, que vivia de acordo com os seus ideais de sempre".

"Fausto Correia desenvolveu com brilhantismo as tarefas que o PS lhe incumbiu. Tinha ainda muito para dar ao partido, ao país, mas também a Coimbra - cidade que ele amou como poucos e que Coimbra retribuía amando-o também", frisou o presidente do PS.

Almeida Santos acrescentou ainda que a morte de Fausto Correia representou para si, "para o PS e, sobretudo, para a sua família, uma perda irreparável".

Fonte: Agência LUSA

pereira de oliveira said...

Ao Prof. Doutor Sousa Franco, ao Joao Coito da nossa Guarda, ao Raul Durao e ao Fausto Correia;
e por esta imagem que a sensibilidade apuradissima da Sailor Girl aqui colocou:
"You,walker, there are no roads
Only wind trails the sea"... "like this land, I too have lost parts of myself"

Sailor Girl said...

Marinho Pinto lamenta "grande perda" do antigo companheiro da ANOP

Coimbra, 09 Out (Lusa) - O advogado António Marinho Pinto, que enquanto jornalista trabalhou 10 anos com Fausto Correia na delegação da antiga ANOP, em Coimbra, considerou hoje que a morte do eurodeputado representa "uma grande perda" para a cidade.

"Fausto era um verdadeiro 'coimbrinha', naquilo que esta palavra tem de mais belo e de mais dignificante para os habitantes de Coimbra", declarou Marinho Pinto à agência Lusa.

O candidato a bastonário da Ordem dos Advogados enalteceu, assim, a dedicação que o antigo companheiro sempre demonstrou à cidade, no jornalismo, na intervenção cívica e na política.

Marinho Pinto salientou ter trabalhado cerca de uma década com Fausto Correia na ANOP, a partir de 1978, quando o colega chefiava a delegação regional da agência, na Baixa de Coimbra, no edifício onde funcionou depois a LUSA.

"Estivemos ali muitos anos só os dois a trabalhar", recordou Marinho Pinto, que já tinha confraternizado com Fausto Correia na Associação Académica de Coimbra e quando frequentavam a Faculdade de Direito da Universidade de Coimbra.

Quando Fausto Correia passou a integrar a administração da RDP, António Marinho substituiu-o nas funções de responsável máximo da ANOP, e depois da LUSA, no Centro do país.

Fonte: Agência LUSA

Sailor Girl said...

Autarcas de Miranda do Corvo recordam político "de grande carácter"

Coimbra, 09 Out (Lusa) - O eurodeputado socialista Fausto Correia, falecido hoje em Bruxelas, é recordado em Miranda do Corvo, onde era deputado à Assembleia Municipal, como um homem "bom, de grande carácter, gerador de consensos e de uma intensa disponibilidade".

Em declarações à agência Lusa, a social-democrata Fátima Ramos, presidente da Câmara Municipal de Miranda do Corvo, lembrou Fausto Correia como "um homem bom, que acreditava em ideias e que enquanto presidente da Assembleia Municipal colocou sempre os interesses de Miranda à frente das lutas político-partidárias".

"Apesar de ter sido meu adversário político em duas eleições, isso nunca prejudicou o nosso excelente relacionamento", adiantou a autarca, acrescentando que o seu desaparecimento deixa "mais pobre a região e o país".

Para o social-democrata José Manuel Simões, presidente da Assembleia Municipal, Fausto Correia "era um homem de grande dimensão, que vai fazer falta. Era cordato, consensual e de uma intensa disponibilidade para colaborar".

Destacando "o seu grande carácter e a postura irrepreensível em todos os momentos", recordou que o relacionamento entre ambos, quer pessoal quer político, era pautado pelo respeito.

"A região centro perde uma voz que se fazia ouvir", sublinhou.

O vereador socialista António Simões, amigo pessoal de Fausto Correia, recordou à Lusa que o eurodeputado "respondeu sempre que chamado a ajudar o concelho, onde tinha raízes familiares, que nunca esqueceu".

Salientando que Fausto Correia "era um homem de grande carácter", António Simões afirmou que a "política nacional perdeu um grande vulto, um homem que se regia por princípios e valores, assente no respeito pelos outros, que não se consegue substituir".

Fausto Correia foi presidente da Assembleia Municipal de Miranda do Corvo entre 1997 e 2001 e actualmente era deputado municipal.

O pai e o avô eram naturais de Cadaixo, uma aldeia da freguesia e concelho de Miranda do Corvo.

O político e dirigente socialista, de 55 anos, morreu hoje de madrugada vítima de ataque cardíaco, em Bruxelas, onde era eurodeputado.

Fonte: Agência LUSA

Sailor Girl said...

Luís Queiró (CDS-PP) recorda amigo e homem político

Lisboa, 09 Out (Lusa) - O eurodeputado do CDS-PP Luís Queiró declarou-se hoje "chocado" com a morte de Fausto Correia, deputado do PS em Bruxelas, e lamentou a perda do antigo companheiro de liceu em Coimbra.

"Estou chocado com a notícia inesperada da morte dele (...) Em meu nome e do CDS-PP, queria apresentar sentidas condolências à família", afirmou Luís Queiró, em declarações à Agência Lusa.

O presidente da mesa do Congresso do CDS-PP recordou Fausto Correia como "amigo e homem político".

"Tinha enormes qualidades humanas e valorizava sobretudo a amizade, apesar das nossas diferenças políticas. Recordo também o homem político: embora tivéssemos seguido caminhos diferentes, sempre foi solidário e empenhado naquilo em que acreditava", salientou o eurodeputado democrata-cristão.

Amigos desde a época de liceu, em Coimbra, Fausto Correia e Luís Queiró integravam ambos a comissão parlamentar de Transportes e Turismo.

"Tivemos oportunidade de muitas vezes colaborar em matérias de interesse comum para Portugal", sublinhou Queiró, garantindo que os eurodeputados nacionais irão continuar a "honrar a memória" de Fausto Correia em Bruxelas.

Fonte: Agência LUSA

Sailor Girl said...

Aldeia de Miranda do Corvo lembra benemérito

Coimbra, 09 Out (Lusa) - A morte do eurodeputado Fausto Correia era o tema de conversa hoje à hora do almoço na pequena aldeia de Cadaixo, em Miranda do Corvo, onde o político socialista, natural de Coimbra, tinha raízes familiares.

"Perdi um grande amigo, uma pessoa excelente para a família e para os amigos", disse à Lusa Fátima Correia, prima em segundo grau e presidente do Conselho Fiscal da Comissão de Melhoramentos Cultural e Desportiva de Cadaixo.

Emocionada com a morte, não deixou de recordar que o político e dirigente socialista foi um benemérito da aldeia, ao doar um terreno para o recinto de festas.

"Doou um terreno à associação, que era herança do pai e que ele muito estimava, o que demonstra que era um amigo e que não esquecia o local onde tinha as raízes familiares paternas", referiu.

Armando Pereira Carvalho, de 63 anos, ainda se recorda de Fausto Correia em pequeno ir à aldeia em pequeno visitar o avô.

"Ele agora não vinha cá, mas era um amigo da terra e uma pessoa muito estimada", secundou Lídia Dias, de 56 anos.

"O povo daqui está-lhe muito grato por ter oferecido o terreno do recinto de festas", frisou.

Os autarcas de Miranda do Corvo recordaram o eurodeputado socialista Fausto Correia, que era deputado à Assembleia Municipal, como um homem "bom, de grande carácter, gerador de consensos e de uma intensa disponibilidade".

Fausto Correia foi presidente da Assembleia Municipal de Miranda do Corvo entre 1997 e 2001 e actualmente era deputado municipal.

O pai e o avô eram naturais de Cadaixo, aldeia da freguesia e concelho de Miranda do Corvo.

O político e dirigente socialista, de 55 anos, morreu hoje de madrugada vítima de ataque cardíaco, em Bruxelas, onde era eurodeputado.

Fonte: Agência LUSA

Sailor Girl said...

Bem observado, Pereira de Oliveira.

Sailor Girl said...

Durão Barroso recorda "europeísta convicto"

Lisboa, 09 Out (Lusa) - O presidente da Comissão Europeia, Durão Barroso, lembrou o eurodeputado socialista Fausto Correia, que hoje morreu aos 55 anos, como "um europeísta convicto e um político empenhado".

"O dr. Fausto Correia era um europeísta convicto, um político empenhado e um deputado português muito apreciado nas instituições europeias", afirmou Durão Barroso, que se encontra em Lisboa, numa declaração à Agência Lusa.

O presidente da comissão e ex-líder do PSD manifestou ainda "as mais sinceras condolências" à família de Fausto Correia e ao PS, partido a que o eurodeputado pertencia.

Fonte: Agência LUSA

Sailor Girl said...

Miranda do Corvo declara luto em memória de Fausto Correia

A Presidente da Câmara Municipal de Miranda do Corvo, Dr.ª Fátima Ramos declarou luto municipal colocando a bandeira a meia haste até à realização do funeral do Dr. Fausto Correia.

O Dr. Fausto Correia foi membro da Assembleia Municipal na década de 80 e na década de 2000, tendo sido presidente deste órgão no período de 2002 a 2005.

O Dr. Fausto correia era também membro do Conselho de Estratégia da ADFP e membro fundador da Real Confraria da Cabra Velha, onde exercia o cargo de Presidente do Conselho Fiscal.

De acordo com Fátima Ramos “Fausto Correia era um Homem bom que acreditava em ideais. Foi meu opositor político em duas eleições mas isso nunca prejudicou o nosso excelente relacionamento humano. Enquanto presidente da assembleia municipal procurou colocar sempre os interesses de Miranda à frente das lutas político-partidárias. A região e o país perderam um grande Homem”.

Fonte: http://www.mirandadocorvo.com

Sailor Girl said...

Morreu o camarada Fausto Correia

Faleceu hoje em Bruxelas o eurodeputado socialista Fausto Correia, de 55 anos, que pautou toda a sua intensa acção política e cívica em torno dos valores da igualdade, liberdade e fraternidade.


Natural de Coimbra, Fausto Correia, foi deputado socialista em diversas legislaturas. Nos governos de António Guterres foi secretário de Estado da Administração Pública, dos Assuntos Parlamentares, Adjunto do ministro de Estado e Adjunto do primeiro-ministro.

Antigo presidente da Associação Académica de Coimbra, Fausto Correia, licenciado em Direito, repartiu a vida entre a carreira de jornalista e de político Como jornalista integrou os quadros do “República”, foi um dos fundadores do diário “A Luta” e delegado da ANOP em Coimbra.

Mais tarde foi membro de vários Conselhos de Administração da RDP-Radiodifusão Portuguesa e entre Abril de 1992 e Outubro de 1995 foi vice-presidente da Direcção-Geral da Agência Lusa.

Além de eurodeputado, Fausto Correia era actualmente deputado à Assembleia Municipal de Miranda do Corvo e presidente da Mesa da Comissão Política da Federação de Coimbra do PS, estrutura de que foi o líder entre 1978 e 1980 e entre Março de 2002 e Abril de 2003.

Era também membro da Comissão Parlamentar das Liberdades Cívicas, Justiça e Assuntos Internos e membro suplente da Comissão Parlamentar dos Transportes e Turismo do Parlamento Europeu.

Integrava ainda a delegação para as Relações com os Países da Comunidade Andina e era membro suplente das delegações para as Relações com o Mercosul e à Assembleia Parlamentar Euro-Latino-Americana.

À família enlutada, a direcção nacional do PS apresenta as mais sentidas condolências.

Fonte: http://www.ps.pt

Sailor Girl said...

PR lembra "personalidade de relevo na vida democrática"
2007-10-09, 18h28

Lisboa, 09 Out (Lusa) - O Presidente da República considerou hoje que a morte do eurodeputado socialista Fausto Correia, uma "personalidade de relevo na vida democrática nacional", deixou "mais pobre a representação portuguesa no Parlamento Europeu e a vida política".

Cavaco Silva, que se encontra em visita oficial aos Açores, enviou um telegrama de condolências à família do eurodeputado, afirmando ter recebido a notícia da morte do ex-governante e dirigente socialista com a "maior tristeza".

"Personalidade de relevo na vida democrática nacional, o dr. Fausto Correia repartiu a sua actividade profissional entre o exercício do jornalismo e da vida política, tendo desempenhado diversos cargos públicos, entre os quais os de Deputado, Secretário de Estado da Administração Pública e dos Assuntos Parlamentares e administrador da RDP-Radiodifusão Portuguesa", lê-se numa mensagem distribuída pela Presidência.

Para o Presidente, a "morte prematura" de Fausto Correia "veio deixar mais pobre a representação portuguesa no Parlamento Europeu e a vida política e cívica no nosso País".

Fonte: Agência LUSA

Sailor Girl said...

Fausto Correia/"bito
PCP manifesta pesar e consternação pela morte do eurodeputado
2007-10-09, 20h30

Évora, 09 Out (Lusa) - O deputado do PCP António Filipe lamentou hoje a morte do eurodeputado socialista Fausto Correia, de quem disse guardar "boas recordações" das "relações cordiais" de trabalho na Assembleia da República.

"Foi com consternação que tomámos conhecimento do súbito falecimento de Fausto Correia. Tivemos com ele, na Assembleia da República, relações de trabalho muito cordiais, quer enquanto deputado quer enquanto secretário de Estado dos Assuntos Parlamentares", afirmou António Filipe.

Falando aos jornalistas à margem das jornadas do PCP que decorrem em Évora, o vice-presidente da Assembleia da República manifestou pesar pela morte do eurodeputado, acrescentando guardar de Fausto Correia "boas recordações".