Monday, December 17, 2007

JÁ À VENDA!

Depois da linda cerimónia de Baptismo realizada a 18 de Maio de 2007 nos Estaleiros Navais de Viana do Castelo e que relatei em posts anteriores (ver na etiqueta "Corvo"), é com muita alegria que vos informo que já se encontra disponível o novo livro do nosso amigo [Luís Miguel Correia] sobre o navio!...

ISBN: 978-972-8536-11-4.

Preço: €25,00 + custos de envio.

Condições especiais para os primeiros cinquenta leitores do Atlântico Azul, que receberão pelo mesmo preço, mas em exclusivo, um exemplar assinado pelo autor, com dedicatória personalizada a pedido e com uma oferta surpresa, no valor de € 18,00!!!... Encomendas para o meu e-mail: [sabino_pereira@hotmail.com].

Trata-se do segundo volume da colecção NAVIOS PORTUGUESES, intitulado «N/M CORVO de 2007». 116 páginas e 155 fotografias fantásticas (três delas minhas) dedicadas, em português e inglês, ao CORVO, um Navio Português construído em Portugal por Portugueses para Portugueses!...

Parabéns não apenas ao Autor mas também ao Armador, que teve a coragem e ousou construir o navio em Portugal! E a quem deixei em tempos um Apelo: que ouse construir um navio de passageiros!!!...

Recordo que o armador promoveu activamente a construção de alguns dos navios portugueses mais famosos do século XX, caso dos paquetes CARVALHO ARAÚJO e FUNCHAL, ou dos bacalhoeiros ARGUS, [CREOULA] e HORTENSE...A tradição marítima da família Bensaude, que remonta ao século XIX, encontra hoje continuidade na actividade da empresa Mutualista Açoreana, cujo novo CORVO é já o quinto navio com esse nome a servir a empresa.

8 comments:

O Difícil said...

Sailor Girl...isto é pa uma obra de caridade pa comprar comer pó corvo?...a vinte e cinco mélreis dos novos um folheto de cinquenta folhas...taszaver...é genéro visão em formato pequeno...taszaver...e inda mais lamber os selos...taszaver...ficó papel a mais de meio euro a folha...taszaver...com cinquenta folhas é preciso tar memo apaixonado a granel por corvos em género navio pa atirar com essa massa toda pó bicho

Swt said...

Até não me parece mal. Mas como o a ver navios disse, eu agora estou mais interessada num livro deste autor que fala dos paquetes como os dois Niassa.
Fui lá ao blog Ships and the Sea, mas estava lá a ser recebida com fogo pesado e dizia: Terráceos, ignorantes para trás!É ruim.

O´Fartura said...

A min interesame.
Agorma mesmo reservo un libro.
Animádevos, de seguro que o libro está ben. De entrada o tema é moi interesante.

un saúdo.

Sailor Girl said...

OBRIGADA AMIGO FARTURA!!!

É que pela primeira vez na vida assisti ao nascer de um navio e sua história. Foi um grande privilégio ter acompanhado as diversas fases da construção através das belíssimas fotografias do nosso companheiro LMC. E ter ido ao Baptismo e ainda ter TRÊS fotografias minhas incluídas!!!

SWT: o livro com os dois Niassa está esgotado há 12 anos e vende-se nos alfarrabistas a € 500. É difícil de encontrar. Mas se eu encontrar um primeiro, é para mim!!!

pereira de oliveira said...

Sailor Girl...Atendendo a que os meus conterraneos nao acreditam que um corvo pode ser outra coisa que nao um passaro e os galegos mais nada que uma curva e porque agora veem os meses de inverno e soo jogar cartas e beber aguardente faz bem aa mente e mal aas miudezas do pessoal do centro de dia(sim porque ha noite cada um tem os seus centros)e porque ao fim de vender vinte pode comprar os Niassas, o velho e o novo completamente cansados, quero dizer esgotados, facca-me o favor de enviar um para;
Mestre Jose Manuel Rabaca
Presidente da Junta de Freguesia
Largo da Igreja 24
6300-070 Casal de Cinza
e outro para;
Prof. Agostinho Silva
Presidente da Junta de Freguesia
S. Pedro do Jarmelo
6300 Guarda
se as surpresas forem barcos pode mandar tambem para as mesmas direccoes que eles ficam aa lareira aa espera de contribuirem para o aquecimento global, na grande esperancca, que as ribeiras das Cabras e da Ima, sejam como a Biblia nos prometeu, um esteiro do Oceano e que nao tenham que pagar mais inmpostos para Lisboa que entretanto se afundou para bem do metropolitano.
Para o meu email mande, se faz o favor, os numeros bicc e outros que em outros tempos eram esferograficas e que agora sao contas bancarias para a transferencia dos electroes

Swt said...

pereira de oliveira
Sei ler nas entrelinhas. E pelo pouco que já li sobre os dois Niassa, pareceu-me isso mesmo!Que deviam ter ficado esgotados de tanta viagem!

caniche vagabundo said...

VIVA!!!

LisbonGirl said...

Parabéns e beijinho, Sailor Girl!
Let's fly,let's fly!:))