Friday, January 22, 2010

Vinho da Madeira embarcado na SAGRES para recriar epopeia do "Vinho da Roda"

Funchal, 22 Jan (Lusa) - Uma pipa com 55 litros de Vinho Madeira embarcou hoje na "Sagres" para fazer a terceira viagem circum-navegação do navio-escola português e recriar a epopeia do denominado "Vinho da Roda". A "Sagres" fundeou hoje logo pela manhã ao largo da baía do Funchal, numa breve paragem na primeira etapa da viagem que vai durar 11 meses para receber o tonel que foi transportado numa canoa tradicional da Madeira.
O comandante do navio, Proença Mendes, salientou que "a Marinha disponibilizou o navio para uma missão de representação do Estado em várias paragens", estando planeada a sua presença na regata de velas da Sudamérica, comemorativa dos 200 anos das independências da Argentina e do Chile, na Expo Shangai 2010, nas comemorações dos 150 anos do Tratado da Paz, Amizade e Comércio entre Portugal e o Japão e nas comemorações dos 500 anos da expansão portuguesa no extremo oriente.
De acordo com o responsável, a "Sagres" costuma receber uma média de 15 mil visitantes dia nos portos de paragem, sendo o do Funchal aquele que mais frequenta. O navio-escola faz "também diplomacia cultural do pais" e nas recepções a bordo divulga os produtos genuinamente portugueses, pelo que nesta viagem leva "o bom bacalhau português (cerca de 2.200 quilos), Vinho da Madeira e vários vinhos de mesa que serão servidos para fazer ainda uma melhor representação do país".
Sobre a pipa de Vinho Madeira embarcada, sublinhou tratar-se de um "casco de 50 litros que, infelizmente tem de voltar", recordando que "há 500 anos que se sabe que os vinhos licorosos, quando regressavam a bordo vinham mais ricos e saborosos". "Vamos fazer esta experiência: levamos um casco devidamente selado, vai e volta, que será comparado depois com os que cá ficam, a ver se vale a pena continuar com este vinho "torna viagem", argumentou.
A "Sagres" leva também garrafas de Vinho Madeira oferecidas pelo IVBAM para ser utilizado em provas nos diferentes portos por onde passar.
Proença Mendes referiu também que esta terceira viagem de circum-navegação "é patrocinada por apoios externos, tendo o Instituto do Vinho da Madeira visto uma oportunidade de se juntar a esta missão, porque ao promovermos produtos genuinamente português estamos a cumprir nossa missão de diplomacia económica". Por seu turno, a presidente do Instituto do Vinho, Bordado e Artesanato da Madeira (IVBAM), Paula Cabaço, explicou que os comerciantes aperceberam-se que a dupla passagem do Vinho Madeira pelos trópicos, o calor e a ondulação "conferiam-lhe propriedades muito boas, envelhecia-o prematuramente, e este vinho era muito valorizado". "O Vinho da Roda chegou a valer o dobro daquele que não fazia este circuito", referiu, afirmando que esta foi uma iniciativa é uma forma de "recriar a epopeia". Disse que tem também um carácter promocional e experimental do Vinho Madeira, "porque o lote que embarca na "Sagres" será depois comparado com um igual que fica nas caves do Instituto, em termos organolépticos e químicos".
Mencionou que a pipa contém vinho da casta Malvasia, "escolhida porque foi aquela que deu a fama e nome ao Vinho Madeira no mundo e pelo seu simbolismo, visto que foi D.Henrique, figura de proa do navio, que ordenou a sua introdução e plantação na ilha". Paula Cabaço garantiu que o vinho desta pipa "não será comercializado e será engarrafado no regresso, ficando no Instituto para ser oferecido em ocasiões simbólicas". Admitiu que "se calhar ainda vamos ter novidades com o vinho Madeira e Sagres este ano".
Depois de receber o casco com Vinho Madeira, a "Sagres" deixou a baía do Funchal rumo ao Brasil.»
Fonte: Agência LUSA

8 comments:

Eugénio said...

A Sagres é um luxo de bebidas espirituosas. Segundo o blogue Ponto de Encontro
, também leva um pipo de Moscatel de Setúbal, chamado de "Torna Viagem" pelos mesmo motivos.

Leif Hagen said...

If I looked up every single word in a Portuguese dictionary, I wonder how long it would take me to read your posting?
Show us some photos, dear Sailor Girl!
: - )

Vitor Chuva said...

Hello Sailor Girl!
Como antigo marinheiro,de bom grado aceitaria um lugar a bordo da Sagres, retornando ao mar e às viagens - e às boas recordções a elas associadas: Receber os convidados no convés engalanado,com uma pipa de vinho à disposição, só mesmo a bordo dum navio português ... e sempre com aplauso garantido!
Um abraço.
Vitor chuva

Alexandre Correia said...

Olá Sailor...Girl!

É um prazer registar o renovar dessas tradições, tal como é um prazer ver a Sagres a navegar em torno do mundo. A obtenção de patrocínios por parte da Armada viabilizou este projecto ambicioso e, a meu ver, só isso já foi um passo bastante importante, pois significa o vencer de alguns preconceitos que tornavam impossível admitir uma solução como esta.

Beijo,

Alexandre

PS - Só acho é que deviam levar um Grand Marabout a bordo. Numa viagem assim longa, nunca se sabe o que pode acontecer e, lá está, um G.M. desempenha um papel fundamental, como visionário...

Louis la Vache said...

Bonjour, Sailor Girl!

jc said...

Helo!!! Está alguem aqui?!!!!!
Não me digas que vais esperar que a Sagres volte, para falares da superior qualidade da Vinho da Roda.
Parece-me que foste atacada violentamente por preguicite aguda.
Agora nem música temos aqui!!!!!
Um novo post... PLEASE. :) :) :)

Louis la Vache said...

Sailor Girl - please let «Louis» know when you return!

Sailor Girl said...

Ok, Louis!!!!