Tuesday, November 16, 2010

Comemoração do Dia Nacional do Mar de 2010




(Photo by Sailor Girl of CREOULA to cellebrate our National Day of the Sea)

Realiza-se hoje a jornada comemorativa do Dia Nacional do Mar, organizada pela Secção de Geografia dos Oceanos da Sociedade de Geografia de Lisboa. Destaca-se, dos diversos eventos que constam do programa, o evento filatélico que evoca o iate «Sirius», a exposição «Celebração da Cultura Costeira», a representação simbólica da medalha comemorativa, a mesa-redonda e a sessão solene sobre a temática «O Oceano e as Instituições».

«O OCEANO E AS INSTITUIÇÕES»

A Sociedade de Geografia de Lisboa, o Fórum Permanente para os Assuntos do Mar, a Academia de Marinha e o Centro Nacional de Cultura associam-se hoje à celebração nacional, mediante a promoção conjunta de uma jornada comemorativa.

I - Museu de Marinha – Pavilhão das Galeotas, junto ao iate «Sirius»

A Direcção de Filatelia dos CTT – Correios de Portugal, S.A. associa-se à celebração do Dia Nacional do Mar emitindo um carimbo comemorativo, o qual reproduz a silhueta do iate “Sirius” com a legenda “CTT LISBOA, 2010.11.16”. O iate “Sirius” foi considerado a embarcação de recreio mais portuguesa de todas, uma vez que, desde o risco, às madeiras e aos materiais empregues, tudo era de origem nacional. Mandado construir pelo Rei D. Luís para ser oferecido à Rainha D. Maria Pia foi lançado à água em 14 de Abril de 1876. O sucesso que obteve em competições internacionais granjeou-lhe visibilidade europeia com evidência para a sua elegância e qualidades náuticas e concitou o interesse de construtores navais: uma imagem de marca do Portugal Náutico de finais do Século XIX.

10h30 Cerimónia de aposição do carimbo comemorativo
10h30 - 17h00 Horário de funcionamento do posto de correio

II - Sede da Sociedade de Geografia de Lisboa

No átrio, exposição sobre o projecto «Celebração da Cultura Costeira» (abertura às 14h00), patente até 23 de Novembro de 2010. Trata-se de projecto cultural promovido pela Mútua dos Pescadores, desenvolvido por diversos agentes políticos, culturais e sociais ligados às comunidades ribeirinhas, como associações de desenvolvimento local e museus, autarquias e universidades, que visa a formação de “inventariantes locais” – guardiães do património marítimo das comunidades costeiras envolvidas – e a criação de um banco de dados com a herança cultural marítimo-fluvial portuguesa.

No auditório, apresentação da medalha comemorativa às 14h30. A Sociedade de Geografia de Lisboa mandou cunhar uma medalha comemorativa do Dia Nacional do Mar (16 de Novembro de 2010), cujo anverso procura simbolizar o tema “O Oceano e as Instituições” e associá-lo às Comemorações do Centenário da República evidenciando o Nosso Mar Interterritorial, uma imensidão de espaço oceânico, cujo conhecimento simbolizado por um navio oceanográfico (caravela do Século XXI) é essencial à exploração sustentável dos seus recursos e à apropriação pela Sociedade Portuguesa. A concepção da medalha é do Comandante Herlander Valente Zambujo. Agradecimentos são devidos ao Governo Regional dos Açores, ao Gabinete do Almirante Chefe do Estado-Maior da Armada e à Administração do Arsenal do Alfeite, S.A., que patrocinaram a cunhagem deste ano, tornando possível manter ininterrupta, desde 1999, a edição anual da medalha comemorativa. Dos 160 exemplares cunhados e numerados, apenas 9 sobraram da subscrição pública, podendo ser adquiridos na secretaria da Sociedade de Geografia ao custo unitário de € 20,00, a partir de 16 de Novembro.

No auditório, mesa-redonda «O Oceano e as Instituições». Na abordagem do tema pretende evidenciar-se o Oceano, numa perspectiva de futuro, como “um dos desafios que se colocam à sociedade portuguesa” e, bem assim, o seu contributo no “reforço da identidade nacional” e na “mobilização dos mais novos para a participação cívica”, associando-o aos objetivos e linhas programáticas do Programa das Comemorações do Centenário da República. 14h30 – Registo. 15h00 - Abertura, Luís Aires-Barros, Presidente da SGL. Introdução temática, Mário Ruivo (moderador). «A evolução histórica da condição de pescador», Inês Amorim, Faculdade de Letras da Universidade do Porto. «O Oceano: elemento estruturante da Sociedade Portuguesa», Francisco Oneto, Instituto Superior de Ciências do Trabalho e da Empresa/Instituto Universitário de Lisboa. «O papel decisivo das instituições para uma governação responsável do Oceano», Emanuel Gonçalves, Instituto Superior de Psicologia Aplicada. Debate. Comentários conclusivos na sessão solene. 17h00 – Encerramento.

No auditório, sessão solene a partir das 17h30. «Significado da celebração do Dia Nacional do Mar», Contra-Almirante José Bastos Saldanha, Presidente da Secção de Geografia dos Oceanos. Conferência «O Oceano e as Instituições», Dr. Guilherme d’Oliveira Martins, Presidente do Centro Nacional de Cultura. Comentários conclusivos sobre a mesa-redonda, Mário Ruivo (moderador). Entrega de medalhas comemorativas. Palavras de encerramento, Luís Aires-Barros, Presidente da Sociedade de Geografia de Lisboa.

Informação adicional poderá ser obtida na secretaria da Sociedade de Geografia de Lisboa (telefone 213 425 401/5 068, fax 213 464 553) ou por e-mail dirigido ao presidente da Secção de Geografia dos Oceanos, Contra-Almirante José Bastos Saldanha (jbsaldanha@sapo.pt).

2 comments:

Leif Hagen said...

Hello Sailor Girl!
Great boat photo!
Did you get lost sailing out a sea? No photos for a long time - we missed you!
Your adoring CDP blog fan

Atlântico Azul said...

You're awsome, Leif! Thank you!!!