Monday, June 18, 2007

Universidade Itinerante alarga tripulação à conquista dos mares da Europa

Navio-escola «Creoula» vai este ano albergar dez alunos do secundário
«Trinta e dois estudantes da Universidade do Porto (UP) vão partir à “descoberta” do Mar Mediterrâneo, durante a II Universidade Itinerante do Mar (UIM). Trata-se do segundo capítulo da expedição do conhecimento proposta pelo projecto promovido pela UP, em parceria com a Universidade de Oviedo (Espanha). Formar e sensibilizar estudantes universitários para a relação histórica, cultural, económica e científica entre a Europa e o Mar são os grandes objectivos de uma iniciativa que, em 2006, levou 84 jovens a cumprir o primeiro “caminho marítimo” para a UIM.
A grande novidade desta edição passa pela participação inédita de alunos do ensino secundário. Terminadas que estão as candidaturas para oficiais superiores – entenda-se, universitários -, são dez os estudantes do 11º e 12º anos que, até 22 de Junho, se podem candidatar a fazer parte da tripulação de 74 “marinheiros” das universidades do Porto, de Oviedo e - pela primeira vez - do Algarve que vão subir a bordo do navio-escola “Creoula”. Assim se apresenta o veleiro da Armada Portuguesa reconvertido para possibilitar a vivência de jovens no mar e que, após cruzar os mares da Terra Nova durante 40 anos, volta a ser o centro da “missão UIM”.
Reunida a tripulação e a nau, falta traçar o melhor rumo para uma aventura que, à semelhança do ano passado, vai decorrer durante o mês de Agosto, em dois cursos diferentes. A decorrer de 1 a 14 de Agosto, o primeiro curso arranca na Escola Naval do Alfeite, em Lisboa, devendo os alunos subir a bordo do “Creoula” no dia 5, em pleno porto de Barcelona, para voltar via Palma de Maiorca. Já o segundo grupo reúne-se, a 12 de Agosto, na cidade de Avilés (Astúrias), iniciando, a partir de Palma de Maiorca, uma viagem com regresso marcado para o dia 26. Os dois cursos contam com a participação de estudantes portugueses e espanhóis que vão começar por ter formação em terra. A mesma compõe-se de quatro seminários relacionados com o tema que marca a edição deste ano da UIM: “O Mediterrâneo, um Espaço de Encontro entre Culturas”. Assimilada a teoria, e já a bordo do “Creoula”, os participantes vão complementar a formação itinerante com uma vivência intensiva da lide quotidiana do veleiro. Aqui, os “marinheiros” da UIM poderão trocar experiências para recordar num diário de bordo que, par ao primeiro curso, registará ainda passagens por Ajaccio (Córsega) e Mahón (ilha de Menorca). Já o segundo curso deixará a sua marca em Tânger e Portimão. Todos os estudantes terão também que realizar um projecto final com as suas “conquistas”, a ser entregue, já longe dos mares, a 5 de Novembro.»

In «Ciência Hoje», 2007-06-14

ADENDA: Notícia igualmente divulgada pelo Barlavento Online [AQUI]!!...

1 comment:

Balbina de Peniche said...

O seu blogues é muita lindo. LOL. Por favor nã me limpe as comunicaçães como me afizeram hoje na concorrência. Estou muito triste. Sabe-me dizer se existiria algum provedor das prepotências ecinsura cá na blogesfera?
É que abusram de imagens das redes de pesca do meu Avô e ainda me deletaram o protexto... Disculpa a minha pouca instrução, mas ser analfabeta não quere dizer que sou a modos que parva.