Thursday, September 27, 2007

Que boa notícia!...

(Espero que se inspirem nas regras urbanísticas de Porto Fino...)
«Edifícios do terminal de cruzeiros de Santa Apolónia respeitarão regras urbanísticas» (ver notícia completa em comentário a este post).

8 comments:

Sailor Girl said...

Lisboa - Edifícios de terminal de cruzeiros de Santa Apolónia respeitarão regras urbanísticas - Secretária de Estado dos Transportes

Lisboa, 27 Set (Lusa) - A secretária de Estado das Obras Públicas e Transportes, Ana Paula Vitorino, disse hoje à Lusa que os edifícios referentes ao novo terminal de cruzeiros de Santa Apolónia vão ser "debatidos" e respeitarão "as regras urbanísticas".


A Câmara de Lisboa aprovou quarta-feira, com a abstenção do PSD, uma moção contra a construção do terminal de cruzeiros em Santa Apolónia, uma obra da Administração do Porto de Lisboa (APL), tutelada pelo Ministério das Obras Públicas.


Falando na Gare Marítima de Alcântara, no encerramento das cerimónias alusivas ao Dia do Mar, a governante adiantou à Lusa que "neste momento" apenas está a ser feito o terminal em si, e que apesar de não conhecer o teor da moção, este não está em causa.


Ana Paula Vitorino esclareceu que já teve uma reunião com o vereador da autarquia responsável pelo Urbanismo, Manuel Salgado, tendo sido solicitado a duas pessoas da Câmara Municipal para, juntamente com elementos da APL, chegarem a "uma solução compatível e de acordo com as regras urbanísticas" relativamente aos edifícios.


Segundo a secretária de Estado, pretende-se que no final haja "uma solução consensual com a Câmara Municipal de Lisboa".


A moção sobre o terminal de cruzeiros visa "contestar junto do governo e da Administração do Porto de Lisboa a construção do edifício projectado para a zona entre o cais de Santa Apolónia e a Doca da Marinha e o respectivo muro".


O executivo exige igualmente "ao governo que a Câmara Municipal de Lisboa seja parte da discussão e aprovação de qualquer projecto para a zona em causa, bem como para toda a frente ribeirinha".


A moção expressa "profundo desagrado e indignação pelo facto de estar a ser feito um projecto desta envergadura e impacto sem que o município tenha sido ouvido".


"O mesmo profundo desagrado" é expresso "pela forma de diálogo que a Administração do Porto de Lisboa tem estabelecido com a Câmara Municipal de Lisboa".


De acordo com o projecto do terminal de Santa Apolónia, da autoria do arquitecto Rui Alexandre, a gare terá dois edifícios distintos em forma de cilindros deitados e situar-se-á frente ao antigo edifício da alfândega, onde está prevista uma pequena área pedonal que atravessará toda a avenida, dando acesso à gare, com passagem pelo hotel a construir na mesma zona.


A conclusão do projecto, cuja construção decorrerá em três fases distintas, está prevista para o terceiro trimestre de 2010.


As obras envolverão o fecho do Jardim do Tabaco, cuja traça primitiva será mantida, provavelmente para fazer um parque de estacionamento.

Fonte: Agência LUSA

Anonymous said...

Espero que se entendam e que as obras avancem rápido.jc.

Malheiro do Vale said...

Acho fantástico como as Câmaras Municipais que são as grandes responsáveis pelo caos em que vivemos de Norte a Sul do país de repente se tornem nas defensoras da estética e das regras urbanísticas...

LUIS MIGUEL CORREIA said...

Acho um escândalo um País atrasado como Portugal, com tantas carências de hospitais e lares para velinhas estar a esbanjar dinheiro para receber mnelhor turistas gringos...
Sugiro que o Tejo seja aterrado até à Foz e se façam novos condomínios numa grande urbanização do Mar da Palha até à Barra.... Os barcos e todas essas coisas esquisitas podem sempre ir aportar a Setúbal e assim a Camara Municipal de Lisboa sempre recebia mais umas massas de EMI... e fico por aqui pois a seguir só um discurso de palavrões...

Joao Quaresma said...

Eu proponho o seguinte: que se construa um estádio de futebol no Terreiro do Paço. Faz todo o sentido. Seria uma forma de dar utilidade a todos aqueles metros quadrados de terreno desaproveitado, iria animar a Baixa e o respectivo comércio, estaria numa zona com óptimas acessibilidades e vista para o rio, iria modernizar a Baixa do ponto de vista arquitectónico e urbanístico (uma salada de estilos arquitectónicos e de volumetrias fica sempre bem num bairro histórico), não iria fazer grande diferença no trânsito porque caótico já ele está, também não faria grande diferença em caso de catástrofe ou ataque terrorista porque nada disso vai alguma vez acontecer se Alá quiser (e se acontecer temos uma enorme morgue disponível ali mesmo). Enfim, são só vantagens. Imaginem-se as dezenas de milhares de turistas que virão a Lisboa todos os fins de semana. Imagine-se poder-se estar a ver um jogo e, das bancadas, poder ver as pessoas nas muralhas do castelo de São Jorge a tentarem ver o rio, e gozar com elas. Para já não falar em toda a comunidade Stadiumspotter que terá em Lisboa a sua Meca.

Que maravilha. Eu até tenho um nome. Estádio das Colunas!

pereira de oliveira said...

enquanto nao desassorearem as docas todas facam nada por Amor de Deus...a APL e um latifundiario ausente

Sailor Girl said...

NADA DISSO!!!

EU QUERO, SIM, QUE FAÇAM O ATERRO, COMO BEM SUGERE O LMC, MAS PARA INSTALAR O NOVO AEROPORTO QUE É PARA ASSIM EU PODER FUGIR DAQUI O MAIS DEPRESSA POSSÍVEL!!!!!

pereira de oliveira said...

e privatizem o cais e depois embarcamos no 5 de outubro num cais que e da Transtroia...sabiam?...o PORTO DE lisboa esta ssoreado...as docas da APL fecham a hora de almoco, ao fim de semana e depois das seis...ate o cais da princesa vai ser privatizado...entretano e o maior local de entrada de droga na Europa e de branqueamneto de dinheiro...e se for mais um local onde vamos ser criados da estranja talvez convenha a cidadaos portugueses de algumas zonas do outra s emque ser criado nao da jeito...ja chega de protectorado