Friday, September 28, 2007

Consta que o tema central da próxima edição da «Revista da Armada» é dedicado aos 70 anos do navio-escola SAGRES. Depois da comemoração dos 70 anos do navio-escola CREOULA em 10 de Maio de 2007 (construção PORTUGUESA e baptizado e lançado ao mar em PORTUGAL), eis mais um aniversário a comemorar.

15 comments:

Velas do Tejo said...

Xiiiiii! E eu pensava que só a mim é que os analgésicos não faziam efeito! Vai lá vai!

Velas do Tejo said...
This comment has been removed by the author.
Sailor Girl said...

Tens razão, Velas. Já pus um post menos azedo... Mas o que é que se há-de fazer?...

pereira de oliveira said...

isto e uito de uma certa classe...comemorar tudo desde que nao seja Nosso!...dizia/me o Rock>>>pois e ... egente que num festival de folclore Nacional no fim diz; do que eu gostei mais e de sevilhanas!!!

Velas do Tejo said...

No modo que tenho de encarar a vida, não me interessa de "onde vens" mas sim para "onde vais".

Foram já dezenas de vezes que vi quer a Sagres, quer o Creoula a cruzar o Tejo de velas estendidas ao vento... ainda hoje, sou incapaz de esconder os olhos à sua passagem, assim como evitar a contracção do plexo solar. Somos portugueses ao leme, não interessa quem constrói a nau, interessa sim onde ela chega!

De qualquer modo, a ideia de uma petição para a Revista Armada, seria uma boa abordagem para mostrarmos que estamos atentos, que vivemos, sentimos e vibramos com o mar.

Joao Quaresma said...

Não estou a acompanhavar-vos. Houve as comemorações dos 70 anos do Creoula e agora é a vez da Sagres. O que é que se passa de errado?

Sailor Girl said...

É isso mesmo!
Mas às vezes gostaria de conseguir andar menos atenta. Sofria menos.

Sailor Girl said...

Ooops. A minha resposta ao Velas cruzou-se com o post do JQ.
JQ, a questão reprotava-se à versão inicial deste post. Estava muito agreste. Senti remorsos, pelo que alterei...

Joao Quaresma said...

SG: até aí já tinha percebi. Não cheguei a lê o post original e não sei ainda o porquê de ser agreste.

Joao Quaresma said...

Raio de typing. Agora estou com pronúncia da Bahia.

Herr Kaptain Schmidt said...

A regata de 1982 foi a primeira que eu fotografei em Lisboa ainda só a Preto e Branco...
E por curiosidade, a SAGRES que aparece na imagem é a anterior SAGRES ex-FLORES ex-MAX ex- RICKMER RICKMERS, que nós Portugueses abarbatámos aos alemães em 1916 na Horta e devolvemos muitos anos depois, na década de 80 por troca com o N/E POLAR...
Quanto às origens germanicas da actual SAGRES, a sua construção é excelente, mas por circunstâncias diversas o navio só foi alemão até 1945. Mudou-se para o hemisfério Sul e a Marinha do Brasil, como GUANABARA, até ser comprada por Portugal em 1962. É portuguesa há 45 anos...

Sailor Girl said...

Aftas ardem...

Olhe isso não interessa nada. O que interessa é que acabo de dar cabo de 500 ml de Häagen Dazs de Chocolate Belga.

Velas do Tejo said...

De qualquer modo o post era brilhante... Espero não ter sido eu o causador dos seus remorsos.

Vá lá, venha daí a petição!

Velas do Tejo said...

500 ml de Häagen Dazs ...?!

Sexta-feira de tarde é poderosa... infelizmente o problema não está quando as aftas ardem...

Sailor Girl said...

LOOOOOLLLL!!!!