Wednesday, January 2, 2008

AMANHÃ - XAVIER QUEIPO (NO PORTO)

"Guess tomorrow I'll take off to Oporto on my beautiful private jet..."
(Photo by Sailor Girl of her Lisbon Office)
* * * * *
Amanhã, dia 3 de Janeiro de 2008, pelas 18h30, no pub Bonaparte (Avenida Brasil, 130 Porto. Tel. +351 226 188 404), «Xavier Queipo, um escritor que veio do frio». Vejam a biografia em comentário a este post.

8 comments:

Sailor Girl said...

Xavier Queipo (Xavier Vázquez Álvarez ) (Santiago de Compostela, 1957) é licenciado en Bioloxía e Medicina e Cirurxía. Desde 1989 vive e traballa en Bruxelas. Como narrador publicou: “Ártico e outros mares” (Edicións Positivas, 1990), Premio da Crítica Española; “Ringside” (Sotelo Blanco edicións, 1993), relatos; “Diarios dun nómada” (Edicións Positivas, 1993); “Contornos” (Xerais 1994); “O xardín das ideas circulares”, relato incluído en “Berra liberdade” (Galaxia,1996); “O paso do noroeste” (Sotelo Blanco edicións, 1996), novela; “Nove metraxes”, relato incluído no volume “Narradores de cine” (Xerais 1996); “O paso do noroeste” (Sotelo Blanco edicións, 1996), novela, Premio García Barros; “Mundiños” (Xerais 1997); “Manual de instruccións” (Xerais 1999); “Malaria sentimental” (Sotelo Blanco edicións, 1999), novela; “Papaventos” (Xerais 2001), novela (hai edición portuguesa en Deriva, 2003); “O ladrón de esperma” (Xerais 2002), relatos, Premio Café Dublín; “Os ciclos do bambú” (Galaxia, 2004), relatos (hai edición portuguesa en Deriva, 2005), “Dragona” (Xerais 2007), novela (sairá a edición portuguesa en Deriva, 2008) e Saladina (Galaxia, 2007), novela. Ademais, o seu relato “A illa dos lemures” está incluído no volume “Materia prima” (Xerais 2002), publicou na colección Merlín o conto infantil “O espello e o dragón” (Xerais 2005) e os poemario Nos dominios de Leviatán (Deputación de Pontevedra, 2001), Glosarios (Espiral Maior, 2004) e Pegadas (Concello de Santiago, 2006). É autor de varias traducións do francés (Hervé Guivert, Amin Maalouf) e do inglés (Joseph Conrad, James Joyce). Colabora de xeito regular nos portais web “Vieiros” e "culturagalega.org", na revista “Grial”, no programa da Radio Galega "Diario Cultural" e no semanario “A Nosa Terra”. As súas crónicas radiofónicas foran incluídas no volume "Caderno da Revolución Cultural" (Laiovento, 2006).
En 2007 é membro do Dichterscollectif de Bruxelas e escollido xunto com outros tres poetas como "poeta oficial de Bruxelas".

jc said...

Afinal...há quem diga que tens o telefone cheio de migalhas e manteiga mas não,estã bem limpo!

Desculpa,não tem nada a vêr com o post mas... não resisti :)

A Memória said...

Este é um anúncio em exclusivo da Sailor Girl, que foi informada pelo próprio editor e dono da livraria luso-galega de Bruxelas Orfeu a quem a Dona deste blog deu a honra de fazer parte das livrarias que darão a sorte á Amizade Luso-alega...esta informação não faz parte das notícias habituais (newslwtter que eu também recebo) da Orfeu mas foi dada em exclusivo pelo Joaquim Pinto da Silva que está no Porto antes do regresso a Bruxelas.
Mas,meu Caro Joaquim este não ém blog qualquer,quer pelo talento da Autora, quer pela universalidade da
divulgação, quer ainda pela qualidade da audiência, e por isso e sem que sermão me tenha sido encomendadado, faça o favor de pôr mais uns livros a sorteio na Orfeu, porque mesmo fazendo-o ainda continuará muito devedor da Sailor Girl...vou copiar o que acabo de escrever para o seu email habitual de Bruxelas não vá o Joaquim padecer do mal não vir a este blog todos os dias...digo horas.
Peço, Sailor Girl, que me desculpe pelo atrevimento deste post mas se estivesse presencialmente com o Joaquim Pinto-da-Silva tenha a certeza, Sailor Girl, que faria não um pedido mas uma exigência
com toda a veemêmcia de que sou capaz.

A Memória said...

ai! bem-haja pelo seu aeroplano...é lindo...aliás...do que me lembro eu... é seu... e portanto, por definição não é outra coisa... mas o que eu me lembro sabe, Sailor Girl, é mais das acrobacias que o Coronel Tamagnini fazia...e não diga nada se faz o favor...o melhor mesmo com o seu aeroplano
era mesmo aterrar nas praias...enfim...lembranças do tempo em que ainda não havia AtlãnticoAzul...nem a sua graça...
mas o aeroplano ah! o aeroplano esse era amarelo....amahã para si, Sailor Girl, um dia só com boas viagens

Uma por Dia said...

Boa estadia Sailor Girl e obrigada pela visita ao blog desta iniciada :)
Sabes-me dizer, como vererana, porque o link para o meu blog não aparece nas listas?

O´Fartura said...

Xavier Queipo representa unha parte importante de Galiza.
Que desfrutes da apresentación e por suposto despois da lectura da súa obra, que se trata dun autor ben solvente.
Unha aperta mariñeira

Sailor Girl said...

LOL!!! Não, o'Fartura, não irei à apresentação... Era uma brincadeira... LOOOOLL!

Swt said...

O teu escritório é um mimo!
Que sorte!