Saturday, March 22, 2008

Proposta de Programa Naval

Hoje estive a jogar Batalha Naval e apercebi-me pela primeira vez na vida do valor estratégico dos submarinos. Perdi os jogos todos sempre por um submarino, apesar de ter sido a primeira a afundar o resto da esquadrilha inimiga, a começar pelo porta-aviões. Ora, Portugal hoje em dia apenas tem um submarino (o «Barracuda», na imagem) e com quarenta anos de vida ao serviço. Agora que as fragatas portuguesas João Belo e Sacadura Cabral foram abatidas ao efectivo dos navios da Armada Portuguesa, a nossa Defesa Marítima fica reduzida a três fragatas, apesar de estar prevista a aquisição de mais duas (em segunda mão) à Holanda, em 2008 e 2009. É manifestamente insuficiente. É urgente acabar os patrulhas oceânicos de Viana do Castelo e é urgente adquirir mais navios e, sobretudo, mais submarinos!!...

12 comments:

Sailor Girl said...

This photo was downloaded from the internet (www.marinha.pt).

George Townboy said...

I was just about to tell you how much of an awesome photographer you are!!! LOL

Thiên said...

It's still pretty cool. :)

d´Agolada said...

Esta moi ben a entrada. Eu estou en contra de que os países se armen, aínda que tes razón de que a Portugal ó mellor non lle viña mal algún submarino. Eu de todas formas quédome con esta frase que supoño que coñecerás: fai o amor e non a guerra. Saúdos

antonio11 said...

¿Sailor Girl, ou Warrior Girl? ¿Porque e urxente 'adquirir mais navios, e sobretudo, mais submarinos' para Portugal? ¿Cando e a fecha da proxima invasión? ¿Para a seman que ven? Socorrooooo.....
Mellor ser 'sailor girl', ¿non?
Sinto a molestias de este tonto chiste. Penso que e unha broma 'inevitable' (para min claro) ante semexantes desexos de adquisiciôn.
Excelente, magnifico,emotivo, ..blog azul....arte na internet, penso.
Que continue 1 millon de anos.......
Saudos,

Sailor Girl said...

Thank you, my Friends!!

Obrigada, Amigos!!

D'Agolada e Antonio 11: eu também preferia que os países não se armassem (estou contra de que os países se armen)! Mas, já que todos se armam, ao menos que tivessemos mais navios e submarinos!! Um só é pouco! É tão lindo vê-los a sair a barra do Tejo em direcção ao Mar!!! Beijinhos!!

LUIS MIGUEL CORREIA said...

Linda imagem do BARRACUDA, o Nosso submarino.
Portugal tem uma importante tradição naval com centenas de anos de história escrita nos Mares...
O Mar para nós foi sempre uma forma de expressão humanista, pelo qual demos a conhecer Novos Mundos. Tudo isso foi feito para o Mundo, muito mais do que para Portugal, com navios e marinheiros Portugueses e muito esforço.
Pela sua situação geográfico e particularidades territoriais, Portugal continua a ser um País Marítimo tendo deixado há muito de ser uma potência Naval. Mas continua a justificar-se a necessidade de navios portugueses, sem que em termos navais isso signifique belícismo, pois Portugal é acima de tudo um País pacífico. O que não implica que seja ingénuo. Temos interesses a defender que pasam entre outros cenários, pelo Mar. Precisamos de navios de vários tipos: de Comércio, Pesca, Recreio e também unidades navais. Por todas as razões referidas e muitas mais...
E tem razão, Sailor Girl, os submarinos têm um valor estratégico muito importante, como sentiu na sua Batalha Naval... Em Portugal a tradição submarinista remonta a 1910 e já tivemos quatro Esquqdrilhas de Submarinos. Em 2010 virá a quinta, com duas unidades modernas, dando continuidade a uma importante tradição da Marinha Portuguesa.

Sailor Girl said...

É isso mesmo!!! Obrigada, LMC!!

Joao Quaresma said...

Quando vierem, os submarinos vão ter seguramente problemas de imersão. É que este país já está tão fundo...

Quanto aos "patrulhões" (quem inventou este termo devia ser atirado às piranhas), são o retrato do país do faz de conta: faz de conta de que nos preocupamos com o nosso mar e que o queremos defender; faz de conta de sabemos de que navios precisamos, e de que temos uma indústria naval. Dêem uma olhada aos navios que outras marinhas estão a comprar para fazerem o mesmíssimo trabalho, e vejam as diferenças para quem sabe o que faz. E depois dizem que é uma questão de dinheiro.

Sailor Girl said...

J.R. ao poder!!!

Sailor Girl said...

D'Agolada e Antonio 11: acabaram de me informar de que Espanha tem para aí uns 8 submarinos (QUASE NOVOS) e um Porta-aviões!!! Vêem?? Vêem?? Apertas!!!

Anonymous said...

Ena a "sarrafusca" que a Sailor Girl originou...

Claro que um país com interesses no Mar tem que ter uma Marinha minimamente capaz para os poder defender. E ter submarinos - a "arma dos pobres" - é essencial. Para o comprovar basta jogar à Batalha Naval...

Quanto aos famigerados "patrulhões", nem o Santo António - que por sinal até está postado hoje - lhes vale. Estão "enguiçados", segundo dizem!

Ah "ganda" Sailor Girl!!! Pr'á frente é que é!!!

PS: A fotografia está com muita pinta, com Lisboa e, em particular, o Padrão dos Descobrimentos e o Mosteiro dos Jerónimos, a servir de fundo. E já repararam que no submarino está um marinheiro a bater uma pala? Bem apanhado... ...